Brazil Machinery Solutions

Neuman & Esser: a fabricante exporta para 20 mercados




09 - outubro - 2019

A empresa atua no Brasil desde a década de 1970 na produção de moinhos de pêndulos, de impacto e compressores para gases 

A Neuman & Esser Group faz parte do Programa Brazil Machinery Solutions (BMS) desde 2013. A empresa especializada na produção de compressores e moinhos para o setor de gases exporta para mais de 20 mercados e, neste ano, participou da Missão Óleo e Gás, com destino à Argentina.

De origem alemã e mais de 190 anos de história com foco na fabricação de moinhos pêndulos e de impacto e compressores para o setor de gases — desde gás natural, até CO2, hidrogênio, nitrogênio etc. A companhia está há 40 anos em terras brasileiras. Hoje, a NEA tem escritório em Belo Horizonte, Minas Gerais, que fica responsável pela distribuição de produtos para países da América do Sul e Central. 

De acordo com o diretor geral da NEA Brazil, Marcelo Veneroso, os produtos especializados da empresa são fabricados sob encomenda. “São equipamentos de longa duração e longa produção. Não são máquinas que se vendem a toda hora. Depende da demanda de cada ano”, explica o diretor. Um aparelho deste calibre pode levar de 10 a 14 meses para ser produzido. 

Atualmente, o mercado de exportação da empresa está maior do que o brasileiro, representando 60% do total de vendas. Segundo Marcelo, essa balança é atípica, uma vez que o Brasil é historicamente o principal consumidor dos produtos da Neuman. A mudança começou em 2014, com a crise econômica. O diretor afirma, porém, estar otimista. Atualmente a empresa tem negócios em desenvolvimento com países como Argentina, Colômbia, México e Peru. 

A unidade central continua na Alemanha, onde são feitas as pesquisas de desenvolvimento, como explica Veneroso. “Na Alemanha é criado um produto com tecnologia reconhecida mundialmente. Nós trazemos essa tecnologia para o Brasil e para suas demais unidades. A partir disso, é possível produzir máquinas que atendam às necessidades locais”, afirma. Além da sede original, a companhia tem outros dois pólos de desenvolvimento em tecnologia localizados na China e Estados Unidos.

Mesclar a criação de produtos em bases internacionais e distribuição por meio de escritórios locais é a base do planejamento de internacionalização da empresa. “A estratégia é maximizar o conteúdo local para facilitar no fornecimento de peças e taxa de manutenção, com equipamentos customizados que melhoram os problemas dos clientes”, explica Veneroso. 

Neuman & Esser no BMS

A  empresa participou em setembro da missão Óleo e Gás, que promoveu reuniões de negócios entre empresários brasileiros e argentinos para a prospecção de vendas de máquinas e equipamentos para o setor. A ação aconteceu na Argentina, entre os dias 23 e 26 de setembro. 

Segundo Veneroso, a participação em uma missão deste calibre é importante para fazer bons contatos e alavancar negócios. O diretor destaca como o Brazil Machinery Solutions pode ajudar na internacionalização de empresas como Neuman: “por meio desses contatos de alto nível conseguimos promover indústria brasileira. Assim você atrai as pessoas-chave para conhecer esse setor e também nos mostra onde podemos buscar investimentos”.