Brazil Machinery Solutions

Brazil Machinery Solutions realiza pesquisa sobre mercados-alvo




04 - outubro - 2019

As empresas membro do Programa têm até o dia 30 de outubro para participar

O Programa Brazil Machinery Solutions (BMS) já começou o seu planejamento estratégico para o próximo biênio. As empresas membro têm até dia 30 de outubro para responder ao questionário e sinalizar os mercados-alvo de interesse. É a partir dessa etapa que começam a ser definidas as ações do próximo convênio a ser firmado entre a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O objetivo da pesquisa é compreender melhor as demandas das empresas participantes do projeto e da indústria brasileira de máquinas e equipamentos, a fim de traçar estratégias assertivas para a renovação.

Para Patrícia Gomes, diretora executiva de mercado externo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e gerente do Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), a pesquisa é uma das etapas mais relevantes do planejamento do próximo Projeto.

“É partindo desse ponto que vamos estruturar todas as propostas do próximo biênio. Por isso é tão relevante que os participantes demonstrem seus interesses. Afinal de contas, quanto mais empresas responderem, mais assertivas serão as nossas ações nos anos de  2020-2022”, conta.

Para participar, as empresas devem completar a pesquisa enviada por e-mail pensando em suas projeções estratégicas. Na hora de responder é importante levar em consideração fatores como ambiente de negócios, oportunidades, facilidade de pagamento, cultura, idioma, além de informações que não poderiam ser mensuradas pela análise dos dados quantitativos dos mercados. 

Após essa primeira etapa, as equipes da Apex-Brasil e do Brazil Machinery Solutions realizam outras análises qualitativas e quantitativas sobre os dados coletados. Na terceira etapa, o time do BMS faz uma reunião com os membros para validar a lista de países que foram mais cotados.

É por meio desses resultados que serão definidas as feiras Internacionais, projetos compradores, projetos imagem e missões comerciais contempladas no próximo calendário oficial do BMS. Com esses insumos, a equipe do Projeto consegue traçar a estratégia ideal para cada setor, que representam empresas de máquinas e equipamentos para o agronegócio, saneamento, óleo e gás, indústrias de alimentos, mineração, plástico e têxtil.

A parceria entre Apex-Brasil e ABIMAQ já realizou mais de 600 ações internacionais desde o ano 2000, quando o primeiro projeto setorial foi assinado.  Atualmente, o BMS conta com mais de 400 empresas membro. Só em 2018, as ações promovidas pelo Programa resultaram em muitos negócios realizados e prospectados durantes os eventos apoiados.

“É importante ressaltar que ao inscrever sua empresa no BMS, o empresário ganha uma assistência completa e personalizada, que promove a expansão da sua marca no mercado internacional, o que aumenta a competitividade dos produtos brasileiros com os de outros países”, avalia Patrícia.